2 de agosto de 2017

A criança bate no coleguinha na escola porque aprendeu isso em casa?

Categorias:

Não.

Eu já disse (não sei em qual lugar) que sofria mais quando o Pititico batia em alguém na escola do que quando apanhava.

É, ele já bateu em algum coleguinha. Não me lembro quantas vezes, foram poucas eu sei.

Mas me deixaram triste e envergonhada.

Eu sentia vergonha com o que as pessoas poderiam estar pensando. Se achavam que meu filho era “mal criado”.

E aí eu começava a ler e buscar tudo o que podia para tentar entender o porque daquilo e não deixar mais acontecer.

Eu sei que como pais, somos os principais educadores. Mas se a criança bate num coleguinha hoje, não significa necessariamente que foi porque viu isso em casa.

E a primeira coisa que provavelmente ouviremos é “será que a mãe não educa?”

Não importa o quanto certinha possamos ser. Uma hora vai acontecer. Aquela pontinha de decepção.

Por bater num colega, contar uma mentira, não emprestar um brinquedo…

Dói bem lá no fundo.

Porque a gente acha que se ensinamos eles deveriam aprender e praticar.

Entretanto, é chato para os pais da criança que apanhou, mas é chato para os pais da criança que bateu também.

Leia mais!