15 04 2019

O que causa a infertilidade?

De acordo com dados da Organização Mundial da Saúde, aproximadamente 15% dos casais são inférteis. Apesar da recorrência da condição, a infertilidade ainda gera muitas dúvidas, incluindo sobre do que se trata e quando ela é diagnosticada.

A infertilidade pode ser entendida como uma dificuldade para reprodução. Em geral, o diagnóstico é dado quando o casal mantém relações sexuais por um período de um ano, sem o uso de contraceptivos, e não consegue engravidar.

As chances para engravidar no caso de um casal fértil é entre 15% e 25% por mês, sendo que após um ano de tentativas a taxa acumulada é de 80%. Por essa razão, a investigação sobre infertilidade deve ter início após esse período.

Essas chances ocorrem para mulheres até 35 anos, após essa idade, o auxílio médico deve ser procurado após seis meses de tentativas sem sucesso.

Ainfertilidade por afetar tanto homens como mulheres. A condição pode ser diagnosticada tanto em pacientes que não conseguem engravidar quanto em mulheres que, por alguma razão, não conseguem manter a gestação até o fim.

A seguir conheça os principais motivos de infertilidade masculina e feminina e como cuidar dessa condição.

O que causa infertilidade masculina?

Existem diferentes condições associadas à infertilidade masculina de forma que apenas após exames adequados o especialista em reprodução humana poderá determinar qual delas afeta o paciente. Conheça as mais recorrentes!

Produção ou função anormal de espermatozoides

A baixa qualidade dos espermatozoides que impede que a fecundação ocorra ou compromete a viabilidade do embrião está relacionada com diferentes condições de saúde como a criptorquidia, problemas genéticos, varicocele e problemas de saúde, como diabetes.

Problemas com a ejaculação

A infertilidade também pode estar associada com o momento da ejaculação, podendo ela ser precoce, retrógrada (quando o sêmen vai para a bexiga), devido doenças genéticas, como fibrose, problemas na anatomia, como bloqueios epididimários, ou casos de torção ou trauma nos testículos.

Questões ambientais

A infertilidade masculina pode ser resultado da exposição a substâncias prejudiciais como pesticidas, produtos químicos, radiação, medicamentos ou drogas. Um ambiente com temperatura elevada também pode ser responsável pela falha na produção ou qualidade dos gametas.

Câncer

A ocorrência de câncer e tratamentos oncológicos como radioterapia e quimioterapia também estão associados com as causas de infertilidade, sendo importante procurar um especialista em reprodução humana antes de iniciar esse tipo de tratamento.

O que causa a infertilidade feminina?

infertilidade feminina também pode ser afetada por diferentes problemas de saúde ou do trato reprodutivo. Conheça as principais ocorrências a seguir!

Desordens ovulatórias

As desordens ovulatórias podem causar alterações ou ausência de ovulação, inviabilizando uma gestação. Entre as ocorrências que podem provocar essa condição estão alterações hormonais, como a síndrome dos ovários policísticos e a hiperprolactinemia. As desordens também podem ser reflexos de excesso de exercícios físicos, distúrbios alimentares e tumores.

Anormalidades uterinas ou cervicais

Incluem ocorrências como a abertura do canal cervical ou muco cervical hostil, que impedem que os espermatozoides cheguem até as trompas.

Endometriose

A endometriose corresponde a uma das causas mais comuns de infertilidade feminina. Ela ocorre quando o tecido endometrial afeta órgãos fora de cavidade, como os ovários, o útero e as tubas uterinas.

Insuficiência ovariana primária

Conhecida também como menopausa precoce a condição ocorre quando os ovários param de funcionar antes dos 40 anos de idade. O problema pode ser provocado por desordens genéticas, tratamentos oncológicos ou mesmo tabagismo.

Como cuidar de tal condição?

Não existe um tratamento específico para a infertilidade. Em geral, avalia-se se o problema é causado por alguma questão ambiental ou de hábitos, como alcoolismo, tabaco, drogas e outras, sendo que uma mudança comportamental do casal pode ser suficiente para aumentar as chances de concepção.

Tanto o diagnóstico quanto o encaminhamento do quadro de infertilidade em homens e mulheres devem ser acompanhados por um médico especialista em reprodução humana. Assim serão realizados os exames necessários para identificar a origem do problema e identificar os tratamentos mais adequados que,apesar de não reverterem o quadro, viabilizam uma gestação, como a fertilização in vitro.