26 de Março de 2018

Quando a mãe não consegue amamentar

Categorias:

Escrevo o texto de hoje a pedido de um pai com o desejo de ajudar a esposa que não conseguiu amamentar. Eles são recém pais do pequeno Lucas.

Bom, primeiro quero dizer que eu não vivi isso. Não tive nenhum problema para amamentar, logo não tenho uma experiência pra contar. Mas, vou tentar ajudar com o que penso a respeito sendo mãe.

A gente sabe que o leite materno é o alimento ideal para o bebê e a importância do aleitamento não se discute. Entretanto, nem sempre as coisas acontecem como gostaríamos e acredito que muitas mulheres se sentem péssimas quando não conseguem amamentar.

Imagem do google

Imagino que deve ser um choque ver seu bebê chorando de fome e, sem poder oferecer o peito, ofertar o leite ou a fórmula na mamadeira.

Sim, mesmo sem passar por isso sei que é doloroso. Imagino o quanto vocês choram baixinho sem ninguém ver. O pensamento pode ser de fracasso na primeira missão da maternidade.

A verdade é que, durante toda a gravidez nós criamos muitas expectativas. A amamentação está entre elas e queremos que seja perfeita. A cobrança começa. E muitas vezes é uma situação que se vive só.

A maiora das maternidades poderia oferecer ajuda na questão da amamentação, mas nem sempre essa ajuda aparece.

Os julgamentos surgem. A mãe que não amamenta recebe críticas como se fosse uma mãe desnaturada. Triste. O que é necessário é informação e acolhimento.

Mãezinhas que por qualquer motivo não puderam amamentar:

1 – Você não fracassou, nem sempre é como a gente planejou. Deixe a cobrança de lado. Seu bebê sabe que você faz o melhor pra ele.

2 – O relacionamento com seu filho não será afetado pela forma como precisou alimentá-lo.

3 – Não, você não é menos mãe. A amamentação não define sua dedicação como mãe.

4 – Seu bebê te ama e você é a melhor mãe pra ele, pode acreditar.

5 – O vínculo entre mãe e filho é construído diariamente, pense nisso.

Leia mais!