11 de outubro de 2016

Vamos falar sobre dislexia?

Categorias:

O texto hoje é da dra. Carla Ulliane, Fonoaudióloga, Mestre em Educação, Consultora em Educação Inclusiva e Coach de Pais de Crianças Autistas. Como sabem ela escreve a coluna Fonoaudiologia aqui no blog na primeira segunda-feira do mês. Só dessa vez precisamos mudar mas, fique de olho que no próximo mês ela nos ajudará na primeira segunda:)

mundo-pititico-dislexia

Por Carla Ulliane

Olá mamães e papais, tudo bem? Uma mãe sugeriu que falasse um pouco sobre Dislexia, assim vou responder algumas questões importantes sobre o tema. A primeira é sobre o conceito e a segunda com relação aos sinais e sintomas que vocês pais precisam estar atentos.

Mas afinal o que é Dislexia? De acordo com a International Dylexia Association:

A dislexia é uma dificuldade de aprendizagem específica com origem neurobiológica. Ela é caracterizada por dificuldades em reconhecer precisa e/ou fluentemente as palavras e por habilidades fracas em ortografia e decodificação. Estas dificuldades resultam tipicamente de um déficit no componente fonológico da linguagem que é muitas vezes inesperado em relação a outras habilidades cognitivas e baixo rendimento em sala de aula. As consequências secundárias podem incluir problemas na compreensão e baixo aproveitamento da leitura, o que pode impedir o crescimento do vocabulário e a formação do conhecimento. “

A partir desse conceito, a Dislexia é compreendida como uma dificuldade de aprendizagem específica que pode estar relacionada ao funcionamento do cérebro.

As pessoas diagnosticadas com dislexia apresentam dificuldade ao processar e manipular os sons pronunciados por uma língua, ou seja, falta de habilidade ao ler palavras simples fluentemente e de modo preciso, possivelmente apresentarão um desenvolvimento pobre em ortografia e soletração. Uma das consequências dessa dificuldade na leitura são perceptíveis, como a pouca compreensão do que foi lido e um vocabulário bastante reduzido.

Percebo muitas dúvidas dos pais e professores que acompanham as crianças supostamente disléxicas, como também a presença de muitos equívocos que necessitam ser esclarecidos. Assim os familiares precisam conhecer a fundo quais as principais características da Dislexia.

Crianças e adultos disléxicos apresentam problemas na leitura, escrita, ortografia e na matemática, mesmo possuindo habilidades para aprender e estarem expostos a um ambiente rico em estímulos. Você deve estar se perguntando: Mas afinal eles podem aprender ou não? A resposta é SIM, eles podem aprender por meio de instruções e estratégias especializadas com o objetivo de minimizar as dificuldades presentes.

Quais as principais características da Dislexia?

Antes de apresentar os sinais é preciso esclarecer que a maioria das pessoas possuem uma ou duas dessas características, contudo não significa que elas tenham Dislexia. A pessoa disléxica apresenta várias dessas características que se prolongam por muito tempo dificultando assim a sua aprendizagem.

Linguagem oral

  • Atraso na aquisição da fala
  • Dificuldade para pronunciar palavras
  • Dificuldades na aquisição de vocabulário
  • Dificuldade em seguir instruções
  • Confusão com antes/depois, direita/esquerda e assim por diante
  • Dificuldade de aprendizagem do alfabeto, rimas de berçário ou canções
  • Dificuldade em compreender conceitos e relações
  • Dificuldade com a recuperação de palavra e problemas de nomenclatura

Leitura

  • Dificuldade em aprender a ler
  • Dificuldade em identificar ou gerar palavras que rimam ou contagem de sílabas em palavras
  • Dificuldade com a audição e manipular sons em palavras
  • Dificuldade em distinguir diferentes sons de palavras
  • Dificuldade em aprender os sons das letras
  • Dificuldade em lembrar nomes e formas das letras ou nomear letras rapidamente
  • Trocam a ordem das letras durante a leitura ou ortografia
  • Leitura errada ou omitindo palavras curtas comuns
  • “Tropeça” através de palavras mais longas
  • Fraca compreensão durante a leitura em voz alta ou baixa, muitas vezes porque as palavras não são lidas com precisão
  • Leitura lenta quando em voz alta

Linguagem escrita  

  • Dificuldade em colocar ideias no papel
  • Muitos erros de ortografia
  • Podem fazer bem os testes de ortografia semanais, mas podem ter erros nas tarefas diárias
  • Dificuldades em se autocorrigir

Outros sintomas comuns que ocorrem com dislexia

  • Dificuldade em nomear cores, objetos e cartas rapidamente numa sequência (Nomeação Automática Rápida)
  • Memória fraca para listas, direções ou fatos
  • Precisam ver ou ouvir conceitos muitas vezes para aprendê-los
  • Se distraem com estímulos visuais ou auditivas
  • Tendência de queda do desempenho escolar
  • Trabalhos escolares inconsistentes
  • Os professores costumam dizer: “Se ao menos ele tentasse mais”, ou “Ele é preguiçoso”.
  • Parentes podem ter problemas semelhantes

Espero que tenha ajudado a tirar as suas dúvidas sobre o desenvolvimento dos seus filhos. Lembrando que é comum apresentar uma outra dessas características e para ser considerado Dislexia a criança ou adulto deve apresentar várias delas e por um longo período de tempo.

Deixem suas dúvidas e sugestões para os próximos posts nos comentários.

mundopititico-colunista-fonoaudiologia

Instagram      @fonocarlaulliane
LinkedIn         linkedin.com/in/carlaulliane
Snapchat       @carlaulliane
Site               carlaulliane.com
YouTube         www.youtube.com/c/CarlaUlliane

Leia mais!